Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, object given in /home/jornalacidaderegional/www/modelos/padrao/controles/posts.php on line 78
Cornélio lidera ranking de cidades mais digitalizadas nas regiões da Amunop e Amunorpi, segundo a FGV
booked.net
O Jornal da Região de Cornélio Procópio - Diretor: Jornalista Breno Jordão - Fone (43) 3524-1303

Cornélio Procópio - PR, - Diretor: Jornalista Breno Jordão - Fone (43) 3524-1303

Atualizado em 01/10/2012 às 02:37:10

Cornélio lidera ranking de cidades mais digitalizadas nas regiões da Amunop e Amunorpi, segundo a FGV

Imprimir

Pesquisa indica que 54% da sua população acessam computadores. Município é o 12º no Paraná e 200º no Brasil

 Matéria publicada recentemente indica que Cornélio Procópio lidera os municípios que têm acesso direto ao computador. A pesquisa foi feita nos 45 municípios que integram as regiões da Associação dos Municípios do Norte do Paraná (Amunop) e Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi) e aponta que Cornélio, sede da Amunop, lidera o ranking em 12º lugar no Paraná e em 200º no país.  54,2% de sua população desfrutam dos benefícios que o computador traz no dia a dia, principalmente na utilização das redes sociais.

Na região pesquisada, Sapopema é a última colocada com apenas 19,73%. Os números foram divulgados após levantamento do ''Mapa da Inclusão Digital'', pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Fundação Telefônica e conduzida pelo economista Marcelo Néri, que utiliza dados do Censo 2010, divulgado recentemente. A pesquisa destaca ainda que na ponta da tabela do Estado está Curitiba com 71,64% das casas com computadores.

Na seqüência o ranking apresenta Maringá, com 69,18%, Londrina com 62,67%, Pato Branco 60,60% e Pinhais 59,10%. Na Amunorpi, Jacarezinho aparece em primeiro lugar, na 47ª  posição no Estado e com o índice de 46,44%. São José da Boa Vista ficou classificada em último lugar na região, ocupando a 355ª, com apenas 19,35% de sua população com computadores em casa. Outros quatro municípios da Amunop - Assaí, Bandeirantes, São Sebastião de Amoreira e Uraí aparecem com mais de 40% de sua população com computadores em casa.  

Estímulos

Para o prefeito Amin Hannouche, com as facilidades existentes no mercado de informática, o acesso ficou mais fácil para todas as classes sociais. ''Creio que este número tende a aumentar nos próximos anos. O computador passou a ser um instrumento de trabalho como vários equipamentos que mantemos em nossas residências'', observou. Citou também que os estímulos que o município tem concedido em sua gestão com a oferta de cursos de informática e acesso gratuito à internet, vêm facilitando esse incremento.

“Quando iniciamos nosso primeiro mandato, em 2005, a Estação do Ofício estava desativada por falta de equipamentos e funcionários. Através de um trabalho coordenado pela Mary, minha esposa, (Mary Alcântara Hannouche, ex-secretária de Ação Social), adquirimos os computadores necessários, firmamos parceria com o Governo Federal e passamos a oferecer cursos de informática básica totalmente de graça”, lembrou. Hoje, a escola forma em média mais de 500 alunos por ano.

Outro benefício veio com a implantação do Centro de Inclusão Digital, que vai funcionar na Biblioteca Cidadã, na antiga estação rodoviária (centro da cidade). Fruto de outra parceria com o governo federal, através do Ministério da Ciência e Tecnologia, vinte computadores de última geração foram adquiridos para atendimento da população do município que não dispõe do equipamento em casa para acesso à internet. O local já está sendo preparado para receber o programa nos próximos dias. (Ataíde Cuqui e Folha de Londrina)



Você pode gostar também de:

» Comentários

Postagem em questão: “Cornélio lidera ranking de cidades mais digitalizadas nas regiões da Amunop e Amunorpi, segundo a FGV”

 

  1. Comente esta matéria!

Enviar Comentário
Name (obrigatório)
E-Mail (não será publicado) (obrigatorio)
Cidade (obrigatorio)
 
 

Diretor: Jornalista Breno Jordão
Fone: (43) 3524-1303
®Todos os direitos reservados