Warning: mysql_num_rows() expects parameter 1 to be resource, object given in /home/jornalacidaderegional/www/modelos/padrao/controles/posts.php on line 78
Alunos e professores fazem protesto contra o fechamento das Apaes
O Jornal da Região de Cornélio Procópio - Diretor: Jornalista Breno Jordão - Fone (43) 3524-1303

Cornélio Procópio - PR, - Diretor: Jornalista Breno Jordão - Fone (43) 3524-1303

Atualizado em 07/08/2013 às 16:50:46

Alunos e professores fazem protesto contra o fechamento das Apaes

Imprimir

Panfletagem aconteceu nesta quarta-feira, durante todo o dia, em toda a cidade

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Santa Cecília do Pavão realizou nesta quarta-feira (7) um protesto em todos os locais da cidade. Os pais, professores e alunos distribuiram panfletos ao longo do percurso.

O objetivo da manifestação é apresentar à população o que está sendo discutido no Ministério da Educação sobre o fechamento das Apaes de todo País. “A intenção é conscientizar e esclarecer a população sobre o projeto do Ministério de fechar as Apaes e a não aprovação do eixo VII do Conae 2014, que consiste em congelar as matrículas dos alunos com necessidades especiais.

Além da manifestação desta quarta, no dia 14 de agosto, a Apae de Santa Cecília do Pavão, participará de um movimento em Brasília com todas as associações do País para que o convênio da entidade com o Estado não seja cancelado.

O motivo do possível cancelamento do repasse de verbas está vinculado à proposta do MEC de incluir alunos com necessidades especiais na rede regular de ensino. De acordo com  a Diretora da Apae Adelaide Rubio, as escolas não estão preparadas para receber esses alunos. “A rede regular de ensino não está preparada para atender essas pessoas. É preciso capacitar os profissionais e isso levará tempo. Ao entrar em uma sala de aula com 30 alunos, o especial se sentirá excluído e não incluído”, afirma.

 “Para essas pessoas que ficam o dia todo na Apae, são desenvolvidos trabalhos que têm como objetivo prepará-las para o convívio com a sociedade e também para o mercado de trabalho.”, Finaliza.

 INCLUSÃO ESCOLAR

Após décadas de existência e de profundas mudanças sócio-culturais no tocante a questão da deficiência no Brasil e no mundo, a Rede Apae tem acompanhado, junto a outras organizações sociais, uma mudança de paradigma sobre a questão da inclusão escolar. Tais mudanças influenciam diretamente na vida das pessoas com deficiência intelectual, no funcionamento da entidade, no foco de sua prestação de serviços e nas suas ações de articulação de promoção de políticas.

A maioria das Apaes possui, além de outros serviços e áreas de atuação, a estrutura de escola especial. Tendo um conhecimento acumulado de décadas de atendimento e defesa de direitos a pessoa com deficiência intelectual e múltipla (em todo o seu ciclo de vida, além da prevenção), a Apae hoje possui um posicionamento claro e responsável sobre a questão da inclusão escolar.

A Apae é a favor de um processo de inclusão escolar gradativo (processual) e responsável, com o qual as escolas comuns sejam devidamente preparadas para o recebimento dos estudantes, que necessitam não apenas de recursos para acessibilidade física, mas, sobretudo de treinamento de professores, preparação dos alunos, dentre outras ações. Além disso, a Rede Apae defende o direito de escolha da pessoa com deficiência intelectual e de sua família sobre o local onde deseja estudar.

Tendo como premissa a inclusão responsável, a Federação Nacional das Apaes reúne e divulga, nesta página, experiências de Apaes de todo o Brasil que há muito tempo lutam para incluir e/ou acompanhar seus alunos na rede de ensino.



» Veja Fotos




Você pode gostar também de:

» Comentários

Postagem em questão: “Alunos e professores fazem protesto contra o fechamento das Apaes”

 

  1. Comente esta matéria!

Enviar Comentário
Name (obrigatório)
E-Mail (não será publicado) (obrigatorio)
Cidade (obrigatorio)
 
 

Diretor: Jornalista Breno Jordão
Fone: (43) 3524-1303
®Todos os direitos reservados